O repasse da primeira parcela do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) referente a agosto dá indícios que este pode ser um mês duro para prefeituras que têm neste recurso sua principal fonte de renda – que é o caso de Wenceslau Braz e milhares de prefeituras de municípios de pequeno e médio porte em todo Brasil.

Isso porque, de acordo com estudo técnico feito pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios), o repasse chega hoje (segunda-feira, 10) aos cofres da prefeitura com uma queda de 25,62% no comparativo com o repasse deste mesmo período de 2019. Levando em consideração a inflação do período, a queda fica ainda maior, chegando a 26,76%.

Como já citado, o FPM é a principal fonte de receita da maioria absoluta dos mais de 5 mil municípios brasileiros, chegando a representar até 80% dos recursos de determinados municípios. Logo, a queda nos valores impacta diretamente na vida dos cidadãos, uma vez que com ainda menos caixa as prefeituras segue com as mesmas despesas. Existe ainda o agravante da crise econômica geral com a pandemia de Covid-19 e a própria pandemia por si só.

Em Wenceslau Braz a prefeitura tem feito uma administração enxuta e atração de investimentos milionários por parte dos governos estadual e federal para realizar grandes obras, mas o município infelizmente não tem capacidade financeira de executar grandes projetos sem recursos ou emendas parlamentares.

Desta forma, obras fundamentais para o progresso do município, como construção do novo centro cirúrgico e maternidade do Hospital São Sebastião, implantação da lâmpadas de led em praticamente 100% do município, ampliação da rede de coleta e tratamento de esgoto, construção do CREAS e obras de pavimentação, entre outras, acontecem com aporte e/ou parcerias com o governo estadual e federal.

Mesmo quando existe contrapartida do Poder Executivo, o principal mérito é em atrair investimentos deste porte, que são inviáveis a toque de caixa para municípios do porte de Wenceslau Braz. Desta forma a prefeitura busca manter a qualidade dos serviços prestados e a realização de novos investimentos, mas sempre contando com a parceria de outras esferas para que o município siga progredindo. A importância de uma administração eficiente nunca foi tão grande.