Rua Expedicionários, 200 |
(43) 3528-1010 |
administracao@wenceslaubraz.pr.gov.br
Acessibilidade
X

NOSSA CIDADE / HISTÓRIA

História do Município de Wenceslau Braz

Wenceslau Braz é um município brasileiro localizado no segundo Planalto Paranaense (Planalto de Ponta Grossa), Nordeste do Estado do Paraná, ocupa uma área de 398 km², com uma população de 20 mil habitantes, o padroeiro da cidade é São Sebastião, comemorado a 20 de janeiro.

A economia é fortemente baseada em atividades agrícolas, como o milho, feijão, soja, tomate dentre outros, na pecuária bovinos e suínos, e avícola, cuja influência foi trazida de imigrates do Oriente Médio como os comerciantes, ucranianos, poloneses, italianos e japoneses.

O Município foi o polo regional de grande armazém do antigo Instituto Barsileiro do Café - IBC, com capacidade de estocagem para mais de 600 mil sacas de café, produto que foi abundante na região nas décadas de 50 e 60, mas decaiu no mercado regional e foi posteriormente substituído por outras lavouras.

A cidade fica à altitude de 841 metros, tendo os municípios limítrofes ao Norte (N): Siqueira Campos e Santana do Itararé; ao Sul (S): São José da Boa Vista e Arapoti; ao Leste (L): Santana do Itararé e São José da Boa Vista e ao Oeste (O): Tomazina.

1915 - Deu-se o povoamanto da atual cidade de Wenceslau Braz, quando o agricultor Joaquim Miranda, radicado em São José da Boa Vista, resolveu juntamente com sua família escolher novas paragens para fixar residência, tendo se deslocado 21 km da então comarca de São José da Boa vista, radicando-se em terras pertencentes a Tomazina.

1916 - O Doutor Alfredo Penteado e sua esposa, a Srª Altinéria Guedes Penteado, residentes na capital do Estado de São Paulo, possuidores de uma fazenda denominada Faxinal, no município de Tomazina, doaram de livre e expontânea vontade 20 Alqueires das mesmas terras, nas imediações do quilômetro 70 do ramal de Jaguariaíva a Ourinhos, ainda em construção na margem direita do Rio Natureza, para o patrimônio da Câmara Municipal de Tomazina, Escritura  Pública de Doação lavrada em 11 de fevereiro de 1916, a Folhas 51 v. do Livro de Notas do Tabelionato de Tomazina, Estado do Paraná.

1917 - Através da Lei nº 108 de 28 de julho de 1917, a Câmara Municipal de Tomazina, determinava proceder ao levantamento e demarcação do novo patrimônio, com a denominação de Novo Horizonte, um grande acontecimento seria registrado no ano de 1918, com a inauguração da Estação Ferroviária, que teve como primeiro agente o Sr. Luíz Pereira.

1920 - Nesta época apresentando franco desenvolvimento, mudava-se o nome do patrimônio para Brazópolis, foi então que, Felipe Miguel de Carvalho, através da Lei nº 1980, conseguiu que Brazópolis fosse elevado a categoria de Distrito Judiciário, na data de 05 de abril de 1920, Felipe Miguel de Carvalho (1873/1940), um dos pioneiros do Município, através de seu entusiasmo, idealismo e dedicação, consegue do Governo Estadual  a construção da primeira Casa Escolar e a construção da Igreja Matriz.

1933 - Em homegem ao 9º Presidente da República do Brasil, Wenceslau Braz Pereira Gomes (1868/1966), o Distrito Judiciário de Brazópolis recebe o seu nome, agora denominada de Wenceslau Braz, com a abertura da estrada de ferro as manisfestações de progresso, Wenceslau Braz tem sua trajetória rumo ao progresso, novos líderes, novas ideias surgem, despontando Ozório Ferreira Gonçalves, Benedito Correa Vasconcelos, Alcides Leite de Carvalho, Adolfo Antonio Pereira e outros, iniciaram novo movimento para conseguir o desmembramento de Wenceslau Braz da Comarca de Tomazina, para ser anexada a São José da Boa Vista, com o objetivo de se conseguir a transfeência da sede da comarca para Wenceslau Braz.

1934 - Wenceslau Braz, foi desmembrado da Comarca de Tomazina, pelo Decreto Estadual nº 704, de 16 de março de 1934 e anexado à Comarca de São José da Boa Vista.

1935 - Através da Lei Estadual nº 21, de 17 de outubro de 1935, o Poder Legislativo do Estado do Paraná decreta: Fica transferida para Wenceslau Braz a sede da Comarca e do Município de São José da Boa Vista, que passa a denominar-se Comarca do Município de Wenceslau Braz, sancionada pelo Governador do Estado do Paraná (Interventor Federal), o Excelentíssimo Sr. Manuel Ribas (1873/1946), sendo Solenemente instalada em 26 de novembro de 1935.

 

 

Fonte:

Dados Históricos, Geográficos e Econômicos do Município de Wenceslau Braz

2º Volume 1995  -  Autor Professor Joaquim Gil (1930/2016).

 

 

 

 

 

Anexo